A Cidade Futurista em Mário de Sá-Carneiro

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapter

Abstract

Apesar da reserva e desconfiança manifestadas por
Mário de Sá-Carneiro em relação ao Futurismo, no que diz respeito à representação da cidade nos seus textos, verifica-se a existência de múltiplas coincidências com o modelo urbano celebrado pelos Futuristas italianos.
Com efeito, embora não apareça na sua escrita o equivalente à Milão industrial de Marinetti e seu grupo, a sua “paixão pela cidade” e a representação desta em vários textos do autor enquadra-se no modelo futurista, dialogando com vários Manifestos daquele Movimento, alguns dos quais virão a estar presentes na revista Portugal Futurista, em 1917. Em particular, nas suas “grandes capitais”, registam-se vários elementos citadinos comuns ao grupo italiano, devendo destacar-se “a beleza da velocidade” e os efeitos que produz sobre a perceção dos corpos e objetos.
Original languagePortuguese
Title of host publication100 Futurismo
EditorsDionísio Vila Maior, Annabela Rita
Place of PublicationViseu
PublisherEdições Esgotadas
Pages375-390
Number of pages16
Edition
ISBN (Print)978-989-8911-21-6
Publication statusPublished - 2018
EventO Congresso Internacional Luso-Brasileiro 100 FUTURISMO - Universidade aberta, Fundação Calouste Gulbenkian, Lisbpa, Portugal
Duration: 14 Nov 201717 Nov 2017

Conference

ConferenceO Congresso Internacional Luso-Brasileiro 100 FUTURISMO
CountryPortugal
CityLisbpa
Period14/11/1717/11/17

Keywords

  • Mário de Sá-Carneiro
  • Marinetti
  • Vanguarda
  • Futurismo
  • Cidade futurista

Cite this