As Infra-estruturas de Dados Espaciais e os Municípios. Princípios para o seu pleno funcionamento

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingConference contributionpeer-review

Abstract

As infra-estruturas de dados espaciais (IDE) são componentes essenciais ao eficaz funcionamento de qualquer sociedade moderna, designadamente dos seus serviços de administração. Desde o seu incipiente surgimento no final do século passado, onde apenas alguns países, entre eles Portugal, reconheceram o papel que elas podiam desempenhar, houve substanciais modificações nos paradigmas do seu funcionamento, bem como uma radical evolução das tecnologias de suporte.
Hoje, na Europa e também no resto do mundo, há várias iniciativas para o desenvolvimento de IDE nacionais e regionais, genéricas ou temáticas. Todavia, para garantir o seu pleno funcionamento e sucesso, ainda falta consubstanciar a integração das estruturas da administração pública que mais próximo estão do território, os municípios.
Este artigo faz o enquadramento e estado da arte das IDE e perspectiva quais os requisitos a cumprir para potenciar a integração do nível local, através de exemplos de vários contextos geográficos.
Original languagePortuguese
Title of host publicationValores da Geografia. Atas do X Congresso da Geografia Portuguesa
Place of PublicationLisboa
PublisherAssociação Portuguesa de Geografos
Pages241-246
ISBN (Print)978-989-99244-1-3
Publication statusPublished - 2015

Cite this