Caracterização e avaliação de reservas geológicas do depósito mineral de Farim-Saliquinhé

Research output: Contribution to journalArticlepeer-review

Abstract

Esse trabalho apresenta uma metodologia integrada e os principais resultados da modelagem geológica e econômica do jazigo mineral de fosfato de Farim-Saliquinhé, Guiné-Bissau. Esse jazigo foi, primeiramente, reconhecido nos anos 80, pelo Bureau de Recherches Géologiques et Minières (BRGM), como sendo de origem sedimentar. A caracterização morfológica consistiu na estimação da profundidade e da espessura da camada de estéril e das formações mineralizadas (rochas fosfáticas FPA, principais, e carbonato-fosfática FPB, secundária). A caracterização dos teores em P2O5 foi efetuada para uma malha de blocos por krigagem e, posteriormente, por simulação, para caracterizar a incerteza e classificar as reservas em inferidas, indicadas ou medidas. A morfologia e os teores foram, posteriormente, convertidos em benefícios/custos, conforme um potencial cenário de exploração mineral. No que se refere à modelagem econômica, apresenta-se um estudo de pré-viabilidade econômica, com análise de sensibilidade, relativamente aos parâmetros preço de venda, custo de extração, custo de transporte e desconto no preço de venda da rocha fosfática por não concentração e uma estimativa da taxa interna de retorno (TIR) do projecto para um cenário-base e uma variante.
Original languageUnknown
Pages (from-to)569-580
JournalRevista Escola de Minas
Volume63
Issue number3
DOIs
Publication statusPublished - 1 Jan 2010

Cite this