Discurso(s), ideologia e construção social: As imagens do mundo do trabalho na doutrina corporativa portuguesa

Research output: Contribution to journalArticlepeer-review

1 Downloads (Pure)

Abstract

Com este artigo, é nossa intenção revisitar o regime corporativo português através do seu corpo teórico e, especificamente, a sua conceção e entendimento da economia laboral durante o Estado Novo (1933-1974). As múltiplas formas sobre as quais intelectuais e políticos visualizavam a relação entre capital e trabalho foram baseadas numa postura antiliberal, sendo possível verificar a influência da doutrina social católica em muitos dos seus conceitos. O objetivo deste artigo é a discussão da relação entre a visão teórico-política e a realidade laboral, e modo a uma melhor compreensão do movimento operário no fascismo europeu.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)86-106
Number of pages21
JournalLocus (Juiz De Fora, Brazil)
Volume25
Issue number1
DOIs
Publication statusPublished - 2019

Keywords

  • Organização Laboral
  • Corporativismo
  • Estado Novo

Cite this