Lavrar/navegar: O mar na tradição popular portuguesa

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapterpeer-review

7 Downloads (Pure)

Abstract

Muito se tem escrito sobre a ligação entre Portugal e o mar. A ideia do "povo de marinheiros" é uma espécie de mito identitário que se difundiu a nível nacional e até lá fora. Foi criado com base num fundo histórico, claro, mas muito empolado por razões políticas e reforçado pela literatura erudita. Já as vozes populares contam uma outra realidade, a dos que ficaram em terra, os que vivem na costa e no mar próximo lutam pelo pão de cada dia. Este trabalho procura então recuperar as tradições e experiências dos que não embarcaram e que com um pé em chão firme e outro na água fizeram as suas vidas no litoral. Através da análise da literatura tradicional e recorrendo à história para fornecer o contexto, reuniu-se um conjunto de estórias, contos, cantos, vocabulário, provérbios e costumes que ajudam a perceber a existência secular de comunidades agro-marítimas, com existências anfíbias, para as quais o mar e a terra não são dicotómicos, mas complementares.
Original languagePortuguese
Title of host publicationImaginários do Mar
Subtitle of host publicationuma antologia crítica
EditorsCarlos Carreto, Joana Freitas, Clara Sarmento, Luís Martins
Place of PublicationLisboa
PublisherIELT FCSH
Pages25-52
Number of pages27
Volume1
ISBN (Electronic)978-989-8968-04-3
Publication statusPublished - 2020

Keywords

  • Oceano
  • Litoral
  • Pesca
  • Populações agro-marítimas

Cite this