O Movimento Associativo Africano em Moçambique: Tradição e Luta (1926-1962)

Research output: Book/ReportBook

Abstract

O movimento associativo africano na Colónia de Moçambique desempenhou um papel significante e activo na transformação de um protonacionalismo numa consciência nacionalista interventiva. Pela sua importância, eis o título: O movimento associativo africano em Moçambique. As fontes orais, escritas e iconográficas recolhidas, interpretadas e analisadas criticamente permitem-nos demonstrar a existência de uma ponte entre as primeiras iniciativas da sociedade civil, no dealbar do século XX e os movimentos independentistas no início da década de sessenta. Em primeiro lugar contextualizou-se a Colónia de Moçambique no quadro do império colonial português para numa segunda parte, se caracterizarem as associações africanas, pela sua actuação, a sua voz reprimida e silenciada na imprensa e na sociedade. Daí, o subtítulo: Tradição e luta. Conhecidas as Mulheres e conhecidos os Homens, os actores sociais que animaram esse movimento demonstra-se a sua pertença à elite defensora da “causa africana”, motivação que ainda hoje inspira historiadores, antropólogos, sociólogos, escritores e politólogos pelo conhecimento dos Povos que constroem Moçambique e aspiram a um mundo melhor.
Original languagePortuguese
Place of PublicationSaarbrücken
PublisherNovas Edições Académicas
Number of pages316
ISBN (Print)978-3-330-76359-3
Publication statusPublished - 19 Jul 2017

Cite this