Trabalho e medo: Estratégias defensivas e sustentabilidade das relações de trabalho

Carla Maria Santos Carneiro, João Areosa

Research output: Contribution to journalArticlepeer-review

Abstract

No presente artigo será debatida a relação entre trabalho, medo, riscos ocupacionais, estratégias defensivas e sustentabilidade das relações laborais. A articulação destes vários fatores exerce uma notável influência sobre a saúde mental dos trabalhadores. A análise desta temática será efetuada a partir da perspectiva da Psicodinâmica do Trabalho. Esta área de conhecimento surgiu há quase 30 anos e teve como principal mentor Christophe Dejours.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)160-169
Number of pages10
JournalRevista TMQ – Techniques, Methodologies and Quality
Publication statusPublished - 2018

Keywords

  • trabalho
  • medo
  • Psicodinâmica do Trabalho

Cite this